fbpx
Setembro 25, 2022

Canal Balneário

Histórias do desporto na primeira pessoa, do futebol ao berlinde, do nacional ao distrital

Brinquedos de desporto ao longo da nossa história

2 min read
futebol

O desporto está presente na vida dos portugueses desde sempre e em todos os aspetos, até mesmo no que toca aos brinquedos. Foi isso mesmo que constatei quando aproveitei estes dias de festividades da Páscoa para uma passagem no Museu do Brinquedo Português em Ponte de Lima.

Aquela vila do distrito de Viana do Castelo, tem um conjunto de atrativos muito grandes que vão desde as características naturais da zona, até à história, monumentos e mesmo a gastronomia. Este Museu do Brinquedo Português é apenas mais um. Por apenas 3 euros de entrada temos uma viagem à história das principais marcas e objetos “made in Portugal” com que os mais velhos de nós (e os pais dos mais novitos que lerem isto) brincaram em mais novos.

Eu foquei-me no desporto. Há uma sala dedicada aos brinquedos relacionados com essa temática, tal é a importância que o desporto assumo na sociedade portuguesa. Nota-se particularmente que, para além do futebol, o ciclismo é uma modalidade muito acarinhada pelos portugueses, pois são muitos os itens que se podem encontrar dessa vertente do desporto.

Também o hóquei em patins assume um lugar de destaque. É mais outra modalidade histórica em Portugal, não só agora, como no passado. Um desporto muitíssimo popular.

Do futebol, claro, há vários items. Bolas, jogos de tabuleiro, páginas de revistas e cromos são só alguns exemplos. Foi curioso ver o símbolo de um dos clubes que representei em jovem ali representado, o FC Cesarense, e até descobrir que o Valecambrese, aqui tão perto de minha casa, já teve um emblema bem diferente do atual (use as setas para ver todas as imagens).

Também o boxe e outros desportos podem ser encontrados naquele espaço que por estes dias é complementado pela exposição de Lego de um colecionador privado, e na qual não falta Old Trafford… Um item por mim muito cobiçado, mas a minha esposa explicou-me, com muito amor e carinho, que já tenho 36 anos. Deixei-a ganhar, por agora.

Facebook Comments

error

Subscreva as nossas plataformas sociais